Tipos de Piscina

Conheça os tipos de piscina existentes no mercado.

piscina-facil-tipos-de-piscina-concreto

Piscinas de Concreto

A infinidade de formas e tamanhos possíveis para sua construção, aliada a sua elevada vida útil, fazem das piscinas de concreto uma ótima opção quando se deseja uma piscina bela e única.

Projetadas a partir do desejo de seu proprietário e construídas em harmonia com o projeto arquitetônico circundante, piscinas de concreto revestidas com pastilhas cerâmicas tem ganho importância cada vez maior em imóveis residenciais. Indiscutivelmente superior quanto ao aspecto visual, esse tipo de piscina, quando bem projetada e construída, transmite harmonia, tranquilidade e requinte difíceis de serem atingidos em piscinas de outros materiais

O revestimento em azulejo comum, bastante popular há algumas décadas nesse tipo de piscina, tem cada vez mais perdido espaço para a aplicação de pequenas pastilhas cerâmicas. Tal mudança em seu revestimento amplia ainda mais as possibilidades de decoração e personalização das piscinas de concreto por meio da confecção de mosaicos e combinações de cores variadas. Outra vantagem das pastilhas em relação ao uso de azulejo é a menor chance de quebra.

No entanto o uso de pastilhas não apresenta apenas vantagens. Uma desvantagem é maior facilidade com que se soltam quando há descuido no controle da qualidade de água da piscina (mais precisamente descuidos com o pH e a dureza cálcica), fazendo com essas pastilhas se soltem, caindo no fundo da piscina e danificando a bomba ao serem aspiradas. Outras possibilidades de revestimento para piscinas de concreto são a aplicação de epóxi ou a instalação de manta vinílica.

Porém não são raros os casos de vazamentos. Muitas vezes, com o adensamento do solo ao seu redor, pequenas fissuras são formadas no concreto, que podem aumentar com o passar dos anos criando vazamentos difíceis de serem sanados. Daí a importância de uma boa impermeabilização. Uma vez que pequenas trincas na estrutura são difíceis de se evitar, principalmente considerando o passar dos anos, apenas com uma impermeabilização de primeira qualidade, realizada durante sua construção, a tão sonhada piscina de concreto não se tornará em um tormento.

A manutenção de piscinas de concreto

  • Pode-se usar escova de aço;
  • Não mancham por cloro;
  • Mancham por algicida a base de cobre;
  • Deve-se ter atenção quanto à limpeza do rejunte entre os azulejos, local de constantes problemas de desenvolvimento de algas;

Piscinas de Fibra de Vidro

Piscinas de fibra de vidro ou fiberglass são uma boa opção quando se deseja uma piscina de fácil manutenção e baixo custo. Por possuírem uma superfície bastante lisa, as algas são removidas com menos esforço e a ausência de reentrâncias (como os rejuntes), reduz o acúmulo de sujeiras.

Outros pontos a serem destacados são o fato de influenciarem pouco no pH da água, terem instalação rápida e baixa ocorrência de vazamentos.

As desvantagens desse tipo de piscina são a impossibilidade de esvaziamento, sem que se faça um trabalho de escoramento das paredes, e a fragilidade da pintura, que acarreta invariavelmente em desbotamento de sua cor. Muito cuidado deve-se ter ao aplicar produtos químicos nesse tipo de piscina. O uso de algicidas à base de cobre deve ser evitado, pois, frequentemente, causam manchas amareladas ou azuladas. A aplicação de cloro jamais pode ser exagerada.

As piscinas de resina poliéster e tecido de fibra de vidro, comumente conhecidas como piscinas de fibra de vidro, ou mesmo piscina de fibra, são provavelmente as mais comuns no Brasil devido ao seu “baixo” custo de aquisição, por volta de 8.000 reais, aliada a praticidade de se comprar uma piscina pronta.

A manutenção de piscinas de fibra de vidro

  • Sua pintura é bastante sensível à manchas de cloro e algicida, bem como à arranhões. Deve-se diluir muito bem o cloro antes de sua aplicação (principalmente ao se utilizar tricloro granulado). Percebendo-se pedras de cloro remanescentes no fundo da piscina após a aplicação do produto, deve-se utilizar a escova conectada a uma haste para varrer até que se desmanche todas as pedras. Evita-se assim manchas brancas no fundo da piscina;
  • Jamais usar escova de aço;
  • Em hipótese nenhuma tirar mais da metade da altura de água. Esse tipo de piscina quebra se não for estaqueada antes de seca;
  • Cuidado redobrado no manuseio de registros e limpeza do pré-filtro, esse tipo de piscina geralmente possui casa de máquina muito pequena e fácil de alagar por qualquer vazamento, ou mesmo gotejamento;
  • O uso de aspiradores de cerda é mais adequado em piscinas de fibra, até mesmo as rodas do aspirador podem marcar a pintura.
piscina-facil-tipos-de-piscina-fibra

piscina-facil-tipos-de-piscina-vinil

Piscinas de Vinil

São denominadas de piscinas de vinil qualquer piscina que possua esse revestimento, não sendo normalmente diferenciado os diferentes materiais utilizados para a construção do reservatório (conforme veremos a seguir).

Ou seja, o vinil nada mais é que o elemento impermeabilizante da piscina, que nesse caso fica aparente. Sendo assim o ponto em comum nesse tipo de piscina é seu revestimento de vinil (ou manta vinílica), o que varia são as estruturas utilizadas para construção e sustentação das paredes.

As piscinas de vinil tem sua manutenção idêntica às piscinas de fibra de vidro. Apesar das mantas vinílicas utilizadas serem resistentes, deve-se ter atenção quanto ao risco de perfuração com objetos pontiagudos.

Materiais utilizados para construção de piscinas de vinil

  • Chapas Metálicas
    Possuem a vantagem de serem facilmente moldadas e de suportarem as deformações causadas pela movimentação do solo ao seu redor e, até mesmo, as causadas pelo congelamento da água, comum em invernos de países temperados. Sua desvantagem está na fácil corrosão. Outro material metálico usado pra esse fim, as chapas de alumínio, não sofrem corrosão e possuem instalação fácil. No entanto são mais difíceis de serem moldadas, além de mais caras que as de ferro.
  • Chapas Polímeras
    Uma vez que não apresentam pontas afiadas, reduzem a possibilidade de corte do vinil, são resistentes à corrosão e fáceis de moldar, no entanto são a opção mais cara. São indicadas para piscinas aquecidas devido às suas propriedades isolantes.
  • Blocos de Concreto
    São a opção de material construtivo mais difundido no Brasil. Exigem mão-de-obra menos especializada em sua construção e possuem, provavelmente, o melhor custo-benefício.

Piscinas Acima do Solo

Excelente opção para regiões onde faz frio durante parte do ano e para casas de veraneio, as piscinas portáteis ou piscinas acima do solo dispensam qualquer manutenção quando desmontadas e possuem a possibilidade de serem transportadas em mudanças.

No Brasil, popularmente, são vendidas piscinas de 1000 litros, feitas de vinil e estruturadas por canos de ferro galvanizados. Porém além de serem pequenas, essas piscinas não possuem a possibilidade de instalação de motor, restando a troca de água periódica como método de manutenção.

Piscinas de médio porte portáteis são uma grande novidade e veem cada vez mais se popularizando. Necessitam apenas serem montadas no local escolhido e podem ser estruturadas com material metálico, plástico rígido ou, até mesmo, plástico inflável. Esse tipo de piscina possui entrada e saída de água para instalação de motor, sendo que muitos modelos possuem inclusive skimmer, escada, sistema de aquecimento e deck portátil.

O principal cuidado que se deve ter na instalação, é a necessidade de se limpar muito bem a área, eliminando-se qualquer objeto
cortante do chão. Esse tipo de piscina é imbatível quando os quesitos são tempo de instalação, praticidade e custo.

piscina-facil-tipos-de-piscina-acima-do-solo

Ainda ficou com alguma dúvida? Deixe seu comentário abaixo que teremos prazer em respondê-lo!

Curso Básico
de Manutenção de Piscinas

Disponível em todo Brasil.


Serviços de
  • manutenção
  • limpeza
  • reforma
  • construção
  • aquecimento
  • guarda-vidas
de piscinas.